capa_co2.jpg
logo_cacau.png

NEUTRALIZAÇÃO DE Gases de Efeito Estufa

Conheça o chocolate que neutraliza um dia das suas emissões de

carbono e contribui para negócios sustentáveis na Amazônia

promovendo a floresta em pé

co2.png

Já imaginou saborear um chocolate com terroir amazônico e, ao mesmo tempo, contribuir para solucionar a crise climática? Quem compra o chocolate e o cupulate De Mendes torna isso uma realidade! Cada barrinha que você consome neutraliza sua pegada de carbono, ou seja, um dia das suas emissões de gases de efeito estufa (GEE), ajudando a mitigar o impacto ambiental de atividades cotidianas. Entenda como funciona toda essa engrenagem sustentável da De Mendes e como você pode se juntar a nós na luta pela proteção da Amazônia, consumindo chocolate.

Todas as ações que realizamos em nosso dia a dia, até as mais simples, geram algum impacto ambiental. O que comemos, a forma como nos vestimos e nos deslocamos pela cidade, por exemplo, são atividades que geram emissões de gases causadores do aquecimento global e das mudanças climáticas. Além das ações cotidianas de cada pessoa, certas empresas e atividades econômicas produzem um impacto ambiental extremamente negativo porque lançam uma grande quantidade de gases causadores do efeito estufa na atmosfera. Queimadas, desmatamento e descarte incorreto de lixo são alguns exemplos.

 

Ao saborear o chocolate e o cupulate De Mendes você contribui para mitigar o impacto ambiental das suas ações cotidianas

A redução da emissão de gases causadores do efeito estufa depende de um esforço coletivo que envolve pessoas, empresas e governos. Por isso, é fundamental incorporar ações cotidianas que proporcionem o mínimo de impacto ambiental. Uma delas é fazer boas escolhas ao consumir. Tudo o que nós compramos tem um preço para o meio ambiente também. Torne-se cliente de

empresas que são preocupadas com a questão ambiental e colocam a sustentabilidade em prática em todas as suas atividades, como a De Mendes.

Manter as nossas florestas de pé é crucial para o futuro de todos. Por meio da fotossíntese, as plantas são capazes de absorver parte do gás carbônico (CO2) da atmosfera, o que auxilia no controle do seu acúmulo na atmosfera, além do carbono fixado nos caules, folhas e raízes. A De Mendes utiliza o cacau e o cupuaçu amazônicos para criar barras de chocolate e cupulate únicas, com sabores marcantes, protegendo a floresta e inserindo as comunidades de cada território no processo produtivo, dando origem assim a um negócio totalmente sustentável.

Como você neutraliza um dia inteiro de emissão de carbono comprando chocolate De Mendes?

Além do modelo de produção totalmente sustentável, a De Mendes também atua com créditos de carbono para promover um consumo mais consciente. Dessa maneira, quem compra uma barra de chocolate ou cupulate De Mendes consegue neutralizar a pegada de carbono de um dia de emissões de GEE. Como isso tudo é possível?

Os créditos de carbono são advindos de projetos sustentáveis, que reduzem as emissões​ de gases causadores do efeito estufa, geralmente aqueles por meio da substituição de fontes de energia, por uma fonte mais sustentável, ou no investimento em tecnologias ambientais , ou, ainda, através da preservação de florestas e reflorestamento de áreas degradadas, apenas para citar alguns exemplos.

 

Cada unidade de crédito de carbono corresponde a uma tonelada de gás carbônico (tCO2) que deixou de ser lançada para a atmosfera. E como chegamos ao valor de emissões individuais por dia? Primeiro, vemos qual é o total de emissões de CO2 do Brasil no ano. Neste caso, utilizamos o ano de 2019, que foi o ano da publicação oficial mais recente. Depois, subtraímos as emissões evitadas de áreas protegidas e outras iniciativas ambientais. Então, dividimos esta subtração pela população brasileira do fim daquele ano de 2019. Para encontrar a emissão diária por habitante, dividimos por 365 dias do ano para chegar nesta média diária de emissões de uma pessoa no Brasil. Por um critério de rigor de cálculo, arredondamos os valores sempre para cima, para dar ainda mais robustez e qualidade ambiental aos nossos projetos e iniciativas. Ou seja, atualmente, cada pessoa no Brasil emite, em média, 8 toneladas de gás carbônico por ano (8 tCO2/hab/ano), o que equivale a cerca de 25 kgCO2 por dia!

Dá só uma olhadinha abaixo de como é feito o cálculo para o Brasil com referência ao ano de 2019.

Os números totais podem ser visualizados aqui

TABELA.png

Essa iniciativa de neutralizar emissões de carbono por meio da compra dos créditos de carbono pela De Mendes só foi possível devido à parceria com a ZCO2. Ela é uma plataforma de coalizão de cidadãs, cidadãos e empresas em prol do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável engajadas no combate às causas das mudanças climáticas, utilizando a tecnologia blockchain para rastrear iniciativas de redução de GEE. A ZCO2 integra um grupo com 20 anos de experiência no desenvolvimento e implementação de projetos de energia renovável e de redução de emissões de gases de efeito estufa, com foco no incentivo ao consumo responsável e o combate ao aquecimento global.
 

Inovadora, a tecnologia blockchain utilizada pela ZCO2 permite rastrear o envio e recebimento de informações. São códigos gerados em sistemas digitais que carregam informações conectadas, umas às outras – como blocos de dados que formam uma corrente – daí o nome, block-chain, "cadeia de blocos". É essa tecnologia que dá toda a agilidade, robustez, segurança, confiabilidade e transparência na neutralização de carbono dos usuários.

A De Mendes compra os seus créditos de carbono diretamente do Projeto REDD+ Maísa, de preservação de 29 mil hectares da Floresta Amazônica nativa no Pará e que também desenvolve um conjunto de ações de combate ao desmatamento, por meio de atividades sociais e de preservação da biodiversidade. Ao adquirir um crédito de carbono, um certificado é gerado com um código alfanumérico, único e intransferível, garantindo a​ origem daquela compra. O projeto REDD+ Maísa é capitaneado pela empresa Biofílica e custodiado pela Verra, ambas reconhecidas internacionalmente.

A De Mendes atua com total transparência, então pode ficar tranquilo em relação à "aposentadoria" para o destino final dos créditos de carbono que são utilizados. Os certificados adquiridos são retirados definitivamente do mercado e alocados para o comprador, no caso a De Mendes, que, por sua vez, repassa-os aos seus consumidores. Todas as informações ficam registradas aqui no nosso site, incluindo todos os certificados de compra de créditos já adquiridos. Sempre que comprarmos mais créditos, listaremos os mesmos aqui embaixo. Confira também nosso contador de créditos adquiridos que mostra quantos créditos já adquirimos desde o início desta iniciativa.

1º CERTIFICADO DE COMPRA

CONTAGEM

150T

DE CRÉDITOS

COMPRADOS

co2.png
MOEDA.png

Compre as barrinhas da De Mendes e saboreie chocolates e cupulates incríveis, que neutralizam suas emissões de carbono, evitam o desmatamento da Floresta Amazônica, preservam a biodiversidade e promovem o desenvolvimento socioeconômico local. Experimente o consumo consciente e faça a sua parte na transformação do mundo!